CRÍTICA / ART REVIEW

OSCAR D'AMBROSIO

Jornalista e Doutor em Educação, Arte e História da Cultura e mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da Unesp, integra a Associação internacional de Críticos de Arte (AICA- Seção Brasil)

 

Desde a primeira década do século XX, o desenvolvimento dos aviões levou a uma revolução da arte da guerra. Logo surgiu o desejo de representar os combates, que não podiam ser fo-tografados. Pintores, principalmente europeus e norte-americanos, foram então requisitados para retratar essas cenas.Alguns nomes, como Richard Taylor, Robert Taylor, Stephen Brown, Philip West e Nicholas Trudgian, se consagraram nessa especialidade, conhecida como Aviation Art, que passou tam-bém a incluir imagens da aviação civil, dando origem a artistas e admiradores desse tipo de trabalho. Apaixonado pela aviação desde a infância, o artista E. J . Victorello decidiu se especializar no tema, tendo como diferencial a produção de obras sobre aeronaves civis e militares produzi-das no Brasil, que apresenta uma indústria aero-náutica de crescente importância.A forma como E.J. Victorello mostra os aviões revela um esmerado processo técnico, perceptível nas imagens mais escuras e naque-las que ocorrem, ao entardecer ou anoitecer, que permite um maior jogo de luzes ao trabalhar os fundos das telas, nas diversas tonalidades dos céus.



Since the first decade of the 20th century, the development of airplanes has led to a revolution in the art of war. Soon the desire arose to represent the combats, which could not be photographed. Painters, mainly Europeans and North Americans, were then asked to portray these scenes. Some names, such as Richard Taylor, Robert Taylor, Stephen Brown, Philip West and Nicholas Trudgian, established themselves in this specialty, known as Aviation Art, which has also passed It also includes images from civil aviation, giving rise to artists and admirers of this type of work. Passionate about aviation since childhood, the artist E. J. Victorello decided to specialize in the theme, having as a differential the production of works on civil and military aircraft produced in Brazil, which presents an aero-nautical industry of increasing importance. The way EJ Victorello shows airplanes reveals a painstaking technical process, perceptible in the darker images and in those that occur, at dusk or dusk, which allows a greater play of lights when working the backgrounds of the screens, in the different shades of the skies.

 

©2020 por EDUARDO VICTORELLO